domingo, 16 de março de 2008

O Beijo Que Não Dei (Último)

Perdeu-se no apagar das luzes
Ficou sozinho no palco, no aguardo
Dos aplausos daqueles que se foram
(E não o viram)
O beijo que eu não dei
Foi de todos o mais lindo, o mais intenso
E tornou-se o mais triste, o mais cinzento
Mas dentre os que desperdicei
Como sinto falta em meus lábios
Do beijo que eu não dei

A garota mais linda da escola
Jamais sentir-se-á realmente amada.
Quando em seu leito, a esposa entregar-se,
É de minha boca que desejará o nácaro
(E não o terá).
Não foi de ninguém... Nem mesmo meu.
De todos, é o que mais sinto falta
O beijo que eu não dei...
Não houve.

Quisera eu no tempo voltar
Quisera eu, jovem rejuvenescer
Em meus tempos áureos
Voltar a viver
E então, jamais deixar-te partir
Jamais soltar tua mão...
Enxugar a lágrima corrente de teu olhar
E deixar-te ver em meus olhos
Que para sempre iria te amar

Jamais soltar tua mão
E deixar, esperançoso, em teus lábios
o beijo que eu não TE dei.
Por Grecco Moralles...

Nenhum comentário:

"Busca Vida" : Paralamas do Sucesso - Um dos meus favoritos

Sempre em busca de inspiração.

Sempre em busca de inspiração.
Retorne!